Crise: a palavra de ordem de 2016.


08/09/2016

Mas qual o seu significado? De acordo com a Enciclopédia Culturama, sua definição é: "uma situação difícil e grave que pode comprometer o desenvolvimento ou a continuidade de um processo espiritual, físico ou histórico". O ano de 2016 tem sido muito desafiador para os pará-minenses devido à situação da política e economia em nosso país. Como consequência desses fatos, temos enfrentado o desemprego, o adiamento dos projetos profissionais e pessoais, acompanhados pelo desânimo crescente. Pensando sobre isso, comecei a refletir sobre como devemos nos posicionar e agir em meio a qualquer período de dificuldade, seja ele político, financeiro, familiar, espiritual, conjugal ou emocional. A Bíblia nos diz que podemos andar por fé e não pelo que vemos. A crise é um campo fértil para o Senhor Jesus agir em nosso favor e testar a nossa fé. Para vencermos qualquer crise, precisamos nos unir. Precisamos uns dos outros. Na história vemos crises que foram vencidas pela unidade do seu povo.

"Milagre econômico japonês" é o nome dado ao fenômeno político ocorrido no Japão de crescimento econômico recorde após a Segunda Guerra Mundial. Nesse período, a união do povo japonês foi fundamental para a reconstrução da economia. Esse fenômeno teve as seguintes características distintivas: a estreita colaboração de empresas, fabricantes, fornecedores, distribuidores e bancos em grupos, os sindicatos de poderosas empresas; relações estreitas com burocratas do governo, e a garantia de emprego vitalício em grandes empresas e fábricas altamente sindicalizadas". Hoje não vemos mais um Japão destruído, mas um país erguido após uma grande destruição. Na carta aos Filipenses, o apóstolo Paulo dá um conselho que também é para os nossos dias. "Tudo posso naquele que me fortalece. Apesar disso, vocês fizeram bem em participar de minhas tribulações. Como vocês sabem, filipenses, nos seus primeiros dias no evangelho, quando parti da Macedônia, nenhuma igreja partilhou comigo no que se refere a dar e receber, exceto vocês; pois, estando eu em Tessalônica, vocês me mandaram ajuda, não apenas uma vez, mas duas, quando tive necessidade. Não que eu esteja procurando ofertas, mas o que pode ser creditado na conta de vocês."

Nesse texto do apóstolo Paulo, vemos dois pontos importantes: Primeiro que o Senhor nos fortalece em todo o tempo e segundo que quando nos unimos nas adversidades somos abençoados poderosamente. Podemos testemunhar desta palavra na história do Japão. O Senhor se alegra com a unidade como está escrito na Palavra de Deus: "Oh! Como é bom e agradável viverem unidos os Irmãos! Ali, ordena o Senhor a sua benção e a vida para sempre." Portanto, creia em você e nos talentos que o Senhor te deu. Não se isole, aproxime-se de seus semelhantes, busque apoio, tenha confiança em si mesmo e no amor do Pai e siga em frente.


Por Elisabeth Stein

Publicidade Notícias - 1
Publicidade Notícias - 2
Publicidade Notícias - 3