Crise econômica atinge municípios mineiros


14/08/2015

Em Minas Gerais são 853 municípios e a crise financeira e política está atingindo diretamente 70% das prefeituras. A crise começa a provocar demissões de cargos comissionados (não concursados) e cortes de gastos em vários municípios e em Pará de Minas não deve ser diferente. Em caso de não demissões, um possível atraso de salário pode acontecer a qualquer momento e a crise que já se encontra em toda a cidade pode ficar pior, pois serão em média de duas mil famílias sem salário para pagar as contas e sem movimentar o comércio local. Caso isso realmente aconteça, às consequências podem ser gravíssimas para a economia da cidade que já não está tão aquecida e para os pequenos e micro empresários que começarão a pedir socorro.

A crise sem fim começa a deixar até mesmo os funcionários concursados em alerta e os mesmo, que antes tinham garantias de seus cargos e vencimentos, passam a trabalhar com a sombra da crise. No Rio Grande do Sul esta situação já está crítica, o que fez o Governo do Estado parcelar o salário dos funcionários estaduais. Portanto, imagina você trabalhar todo mês e ao se aproximar da data de pagamento receber uma noticia tão triste assim? Esta crise está fazendo com que as famílias fiquem sempre em alerta, sem saber se naquele mês terá o salário na data certa para pagar as despesas de casa.

Então, fica a pergunta: De quem é a culpa?

Publicidade Notícias - 1
Publicidade Notícias - 2
Publicidade Notícias - 3