EXCLUSIVO: Retorna a Pará de Minas peça sacra mais antiga que a própria cidade, com cerca de 200 anos


29/12/2016

No dia 27 de dezembro, o pároco responsável pela Paróquia de Nossa Senhora da Piedade, Pe. Charley Marcelino, se deslocou cerca de 150 km até a cidade de São João Del Rey, para buscar a imagem sacra de Jesus crucificado. O que chama a atenção no retorno da imagem à Pará de Minas é a descoberta que foi feita durante o processo de recuperação da peça. Segundo as informações obtidas pela reportagem do #ECPM, o escultor da imagem é nada mais, nada menos que Padre Antônio Félix, irmão do renomado artista Aleijadinho, conhecido por suas obras nas cidades históricas de Minas como Ouro Preto e Mariana, e por utilizar a técnica de esculpir em pedra sabão. Além disso, o restaurador Carlos Magno Araújo, que vem se especializando no histórico de Félix, levou um grande susto quando constatou que a imagem recém-chegada de Pará de Minas era uma escultura gêmea a outra existente no município de São Brás do Suaçuí, ambas com quase 200 anos de criação.

Sobre o assunto, Padre Charley, em entrevista EXCLUSIVA ao #ECPM, falou um pouco mais sobre a descoberta.

O pároco ressaltou os motivos que o levaram a procurar um restaurador para a imagem sacra e que, agora, ela está bem próxima do que era originalmente.

Charley destacou que pelo grau de importância que a imagem ganhou, será construída toda uma estrutura para a segurança da peça.

O padre afirmou que após a conclusão de toda a estrutura necessária para a segurança, a imagem será exposta em um local especial, e durante a semana santa será colocada para apreciação da população.

Em tempo: A descoberta histórica foi destaque nacional, sendo a reportagem produzida pela TV Globo exibida em seu canal de notícias (Globo News) e pelas afiliadas da emissora em todo o estado de Minas Gerais.


Reportagem | Matéria: Henrique Silva


Publicidade Notícias - 1
Publicidade Notícias - 2
Publicidade Notícias - 3